verificador pinterest Casa, Coisas e Sabores: Picadinho de carne com cebola e cerveja

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Picadinho de carne com cebola e cerveja


Muito sabor e quase nada de trabalho. Essa é uma combinação deliciosa, em todos os sentidos, rs. Aberta a garrafa, vai um pouco de cerveja no copo, um pouco de cerveja na receita. Conheço (muita) gente que gosta desse procedimento na cozinha. Dá para usar diferentes tipos de carne para fazer esse picadinho, minha dica é que você escolha uma que usaria para bife. Essa receita também leva poucos e bons ingredientes. De acompanhamento, apenas arroz branco - e talvez uma farofa - já resolve bem. Faça esse picadinho quando quiser uma refeição reconfortante, bem caseira, mas com um toque especial de sabor. Pode fazer também em maior quantidade para servir à família e aos amigos. Fica pronto rapidinho, veja como fazer.



Contra-filé (minha escolha), alcatra e patinho são boas opções de carne para esse picadinho. Se quiser usar filé mignon, seja ricohhh ou ricahhh e vá em frente.


No quesito cerveja, usei uma do tipo Heller Bock, que é mais clara que uma Bock e tem sabor bem pronunciado. Como não sou muito fã de cerveja... Minha preferência é muito limitada e o restante que aparece em casa acaba indo para a panela, rs. A Heller Bock ficou maravilhosa na receita, mas você pode usar qualquer tipo de cerveja, inclusive a pilsen comum. A Caracu, cerveja preta (é uma sweet stout, descobri agora) com preço bem camarada, é ótima também para usar nessa receita. Propaganda gratuita, ok? Fica como dica porque ela é bem acessível.

Dependendo do tipo de cerveja que você usar, o resultado será diferente, claro, mas o sabor vai sair delícia, pode acreditar.

Picadinho de carne com cebola e cerveja
(Rende 2 porções)

250 g de carne em cubos
1/4 de cebola (pequena) picadinha
1/2 xícara de cerveja
Sal e pimenta do reino
1 colher de sopa de farinha de trigo
2 colheres de sopa de azeite

Leve o azeite e a cebola a uma panela, em fogo médio. Deixe refogar até a cebola começar a dourar, mexendo e de olho para não queimar. A partir daí, mantenha a cebola na panela em fogo baixo e vá acrescentando umas colheradas de cerveja sempre que sentir que a cebola vai começar a pegar no fundo da panela. Esse processo é coisa de 15 minutos, até mais se for mais cebola, ela precisa ficar bem marronzinha. Vai valer a pena, confie. Tempere a carne com sal e pimenta do reino e envolva os cubos na farinha de trigo. Acrescente os cubos de carne à panela e vá mexendo para que cozinhem. Se for colocar legumes, entra aqui também. Quando sumir o aspecto de cru da carne, acrescente o restante da cerveja (por aqui ficou 1/4 de xícara para essa parte), misture, deixe apurar por poucos minutos e tá pronto.

Para acompanhar, arroz com frescurinha e farofa de banana. Clique para ver as receitas:


Não gosto de comer cebola, é sabido e notório, por isso sempre seguro a mão na quantidade. Esse tipo de preparo (caramelizar) suaviza bastante o sabor da cebola, ao ponto de uma cebola hater como eu tolerar o prato - e gostar dele. Mas, se você é das pessoas normais que gostam de cebola, pode caprichar e aumentar a dose. Para mim, já foi tanta cebola que até coloquei no nome da receita, rs.

Ah, e pode acrescentar uns legumes aí se quiser, fica bom. Cenoura em rodelas finas (para cozinhar junto com a carne) ou batata em cubos pequenos são opções perfeitas.


Confira o post original publicado pelo Casa, Coisas e Sabores: Picadinho de carne com cebola e cerveja.
Se você gostou dessa postagem e achou o conteúdo relevante - portanto, que pode ser aproveitado por outras pessoas que estejam procurando sobre esse assunto -, mostre sua recomendação clicando no botão igual a este   localizado no final da postagem

2 comentários:

  1. Hmmmmm

    Parece delicioso e nunca fiz com cerveja! Gostei da receita! Linda semana,bjs,chica

    ResponderExcluir
  2. Realmente não precisa de mais nada. O arroz branco se tornou o acompanhamento ideal p/realçar o sabor da carne.
    Delícia!
    Bjss

    ResponderExcluir

O que achou da postagem? Tem mais alguma dica para passar? Ficou com dúvidas? O espaço dos comentários está aberto para todos trocarem uma ideia :)

Gerar PDF da postagem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...