verificador pinterest Casa, Coisas e Sabores: Festa junina: Bolo de rapadura

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Festa junina: Bolo de rapadura



Tradicionais por praticamente todo o Brasil no meio do ano, as festas juninas - dizem os historiadores - foram trazidas pelos portugueses e, aos elementos europeus (dança) e chineses (fogos), juntaram-se as contribuições africanas e indígenas, resultando nesta comemoração bonita, divertida e gostosa que temos atualmente.

Mas, lição de escola à parte, a gente quer saber mesmo é das comidas típicas (eu sempre quero), não é verdade? As festas juninas conseguem reunir a maior quantidade de coisas que eu amo comer por quilômetro quadrado: cocada, milho cozido, bolo de milho, cuscuz doce, cuscuz paulista, canjica (mungunzá), cachorro quente - esse é moderno -, paçoquinha...

Para fugir um pouco do tradicional sem perder as raízes caipiras da festa, fiz esse bolo de rapadura para levar a uma festa junina. É doce na veia, mas danado de bom! Quem quiser preservar um pouco o índice glicêmico, pode dispensar a calda - na verdade, ela é a grande responsável pelo alto nível de doçura do bolo.

A receita é para um bolão, recomenda-se forma de 28 cm. Metade da receita já funciona para uma família.

Bolo de rapadura

Massa
2 xícaras de rapadura picada (250grs)
1 e 1/3 xícara de água
4 ovos
200 g de manteiga
1 lata de leite condensado
2 xícaras de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento em pó

Cobertura
1 lata de leite condensado
100 g de castanha-de-caju picada

Misture a rapadura e a água em uma panela e leve ao fogo, deixe a rapadura derreter até formar uma calda. Reserve. Bata as claras dos ovos em neve, reserve também. Bata a manteiga, as gemas, o leite condensado e 1 xícara da calda de rapadura. Vá juntando a farinha de trigo aos poucos, batendo bem (se você estava usando batedeira, ela para aqui), acrescente o fermento e só misture. Agregue as claras em neve à massa delicadamente. Leve ao forno pré-aquecido a 180 graus Celsius por 40 min. Olho no bolo e teste do palito para ver se está assado, os fornos variam.

Para a cobertura, lembra que você usou 1 xícara da calda de rapadura e sobrou um restinho? Pegue essa sobra, misture com o leite condensado e leve ao fogo, mexendo até engrossar. Depois é só cobrir o bolo com esse doce e salpicar as castanhas-de-caju por cima. Anarriê!!!
---------------------------------------------------

A receita que eu segui para fazer o bolo foi passada pela minha mãe, que tirou de alguma das (muitas) revistas temáticas de receitas que ela tem. Mas vi que o site da Nestlé tem uma receita de bolo de rapadura idêntica - só vi uma leve diferença na quantidade de água. Não sei quem pegou a receita de quem, só sei que todos podemos pegá-la AQUI.

O Cupcake de banana com coco bem que poderia entrar na quadrilha...

Foi DAQUI que tirei as informações sobre festa junina.

2 comentários:

  1. Nossa, nunca tinha visto bolo de rapadura! Parece delicioso! Cheguei agora ao seu blog, através do YES we cooking, e adorei! Já estou seguindo! beijos

    ResponderExcluir
  2. Bruna, seja muito bem-vinda :-) É mesmo um bolo muito gostoso, e fica fofinho. Com uma xícara de café amargo - que o bolo é bem doce - fica divino. Beijos, adorei a visita!

    ResponderExcluir

O que achou da postagem? Tem mais alguma dica para passar? Ficou com dúvidas? O espaço dos comentários está aberto para todos trocarem uma ideia :)

Gerar PDF da postagem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...