verificador pinterest Casa, Coisas e Sabores: Semana de Natal: rabanada tradicional

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Semana de Natal: rabanada tradicional


Esse clássico dos clássicos de Natal não poderia ficar de fora da semana especial. A receita de rabanada é, em tese, muito simples, mas há alguns detalhes a serem observados para que sua rabanada fique "totalmente excelente". Quem nunca comeu uma rabanada que não estava tão boa assim? Em Portugal e em alguns lugares do Brasil, esse prato que veio da nossa herança portuguesa é conhecido como fatias de parida ou fatias paridas. Há algumas variações, mas a receita que mostro a seguir é a de rabanada tradicional e conta com a consultoria especial da minha mãe, pois é ela quem faz esse prato todos os anos no Natal e quem conta todos os segredos do preparo.

Minha família toda adora rabanada, eu que tenho algumas restrições: gosto de comer a rabanada recém-feita, ainda morninha. Esfriou, foi para a geladeira? Acabou para mim. Minha mãe faz da forma mais simples possível e a rabanada dela é muito elogiada. Como a dela é a que eu sempre como, para mim é o padrão de rabanada: úmida na medida - sem ficar seca ou encharcada de gordura -, suave no doce e ligeiramente crocante na superfície. Se não for assim, não está boa.

Rabanada já gelada, como muitos gostam :)
Rabanada tradicional
(Rende cerca de 25 fatias, vai depender do tamanho do pão)

2 pães (baguetes) para rabanada*
1 litro de leite adoçado com 2 colheres de sopa de açúcar
4 ovos batidos
1 litro de óleo para fritar
Açúcar com canela para polvilhar

*A princípio, pode-se usar baguete comum e até pão francês, de preferência dormido/amanhecido, mas nesta época costuma ser vendido um pão próprio para rabanada, vá nele!

Corte os pães em fatias de cerca de 3 cm, passe as fatias no leite adoçado, embebendo bem e apertando depois para retirar o excesso. Passe a fatia no ovo batido e frite imediatamente em óleo quente. Aqueça o óleo em fogo alto com o truque do palito de fósforo (jogue um palito dentro da panela, quando ele acender, a temperatura está boa). Quando for colocar as fatias no óleo - cerca de 3 a 5, depende da panela, devem ficar espaçadas - abaixar o fogo para médio. Fritar rapidamente de um lado e virar para fritar o outro, até dourar. Cuidado, pois as fatias começam a dourar rapidamente. Pegar as fatias fritas com escumadeira e colocar em um recipiente forrado com papel toalha. Para ficarem bem sequinhas, passe-as depois para outro recipiente com papel toalha. Coloque em uma travessa e polvilhe açúcar com canela, uma a uma, nas fatias ainda quentes.

Atualização: note que a receita indica 1 litro de óleo para fritar. Uma das dicas para não encharcar suas rabanadas de gordura é fritá-las em bastante óleo, por imersão mesmo, não faça como se tivesse fritando bife. Dica de mamis :)



Algumas pessoas usam leite condensado, leite de coco, vinho do porto etc. para dar mais sabor à rabanada. Nestes casos, acrescente esse ingrediente a mais no leite para embeber as fatias de pão. Recomendo (minha mãe recomenda) cuidado na hora de adoçar o leite, seja com açúcar ou com leite condensado: lembre-se de que ainda tem o açúcar (com canela) para polvilhar as fatias depois.

Sei que existem várias maneiras diferentes de se fazer rabanada, algumas ficam até como receita de família. Qual o seu truque para deixar a rabanada mais gostosa? Compartilhe com a gente nos comentários!

Confira o post original publicado pelo Casa, Coisas e Sabores: Semana de Natal: rabanada tradicional.

Se você gostou dessa postagem e achou o conteúdo relevante - portanto, que pode ser aproveitado por outras pessoas que estejam procurando sobre esse assunto -, mostre sua recomendação clicando no botão igual a este   localizado no final da postagem

----------------------------------------------------------------

Conheça AQUI as origens e curiosidades sobre a rabanada.

3 comentários:

  1. Adoro rabanadas,mas aqui não usamos no Natal. Acho que é preguiça,rsrs Ou economia de calorias,rs beijos, FELIZ NATAL, tuuuuuuuudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Que delícia, Adri! Eu postei as rabanadas recheadas, mas acredita que nunca fiz as tradicionais?
    Adorei as dicas, e quando fizer já sei onde recorrer! As suas ficaram lindonas! Beijão :)
    Um lindo Natal para você e sua família, quero agradecer ao recado carinhoso, e dizer que desejo tudo de bom para ti também! Que 2013 venha para estreitarmos mais os laços de amizade! :)
    Beijao

    ResponderExcluir
  3. Chica, achei fofo o Neno ter vindo trazer seu recado :) Jura que não aparece no Natal? Lá em casa, se faltar dá até briga, hehe. Cada família tem seus costumes, né? Um beijo!

    Carla, aquelas rabanadas recheadas são de arrasar, só de lembrar engordei 2 quilos. Hei de fazê-las, não sei quando, mas é uma certeza de vida :) Beijão!

    ResponderExcluir

O que achou da postagem? Tem mais alguma dica para passar? Ficou com dúvidas? O espaço dos comentários está aberto para todos trocarem uma ideia :)

Gerar PDF da postagem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...