verificador pinterest Casa, Coisas e Sabores: Purê de batata-doce rústico

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Purê de batata-doce rústico


Esse é um acompanhamento diferente, prático e cheio de sabor. Esqueça o purê de batata inglesa - só por um momento, porque a gente ama - e lance mão da batata-doce em uma receita do tipo "mistura tudo e está pronto". Porém, os ingredientes que você vai acrescentar farão a diferença entre um purê sem graça e outro mais complexo. Aproveite que a época junina faz minar batata-doce por aí. O adocicado da batata-doce perde espaço (melhor dizendo, combina-se) para o apimentado e o ácido. Ah, o purê de batata-doce rústico é quase cópia da receita do chef britânico Jamie Oliver, queridinho dos foodies e meu também :)

A autoria da receita original explica a praticidade e o contraste de sabores, marcas do chef. A receita só não saiu tal qual a do Jamie por causa da falta de um ingrediente e do acréscimo de outros, por preferir uma consistência mais molinha. Quebrou de leve a "rusticidade" do prato, mas deu um toque de purê de mãe.


Purê de batata-doce rústico
(Rende duas porções)

1 batata-doce grande
2 colheres de sopa de salsinha picada
1 colher de café de molho de pimenta (usei Tabasco)
1 colher de chá de molho de soja
1 colher de sopa de suco de limão
3 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de leite
1/2 colher de sopa de manteiga
Pimenta do reino

Cozinhe a batata-doce na água, até ficar bem macia. Retire a casca e corte em pedaços grandes, reserve. Em uma travessa pequena, misture todos os temperos: salsinha, molho de pimenta, molho de soja, suco de limão, azeite e pimenta do reino. Acrescente os pedaços de batata-doce e amasse grosseiramente com um garfo, misturando em seguida com o restante dos ingredientes. Junte a manteiga e o leite e misture novamente. Sirva regado com azeite, que nunca é demais.

O molho de soja já é salgado o suficiente, não precisa colocar mais sal. Minhas invencionices foram o leite e a manteiga, pois senti falta de uma consistência mais macia. No entanto, o purê é rústico, então ele fica mesmo grosseiro, pedaçudo, não precisa amassar a batata-doce com muito esmero. O Jamie - olha eu cheia de intimidade - coloca também chutney de manga, um toque agridoce que deve cair maravilhosamente bem na receita. Vou confessar uma coisa: minha ideia inicial era colocar geleia de pimenta, para conseguir ao mesmo tempo o toque agridoce e picante. Quem disse que consegui abrir o vidro da geleia? Ah, esses braços fracotes...

>> Sopa com purê de batata
>> Escondidinho de purê de batata com beringela
>> Geleia caseira (reaproveitamento)
>> Batata recheada de micro-ondas

Se você gostou dessa postagem e achou o conteúdo relevante - portanto, que pode ser aproveitado por outras pessoas que estejam procurando sobre esse assunto -, mostre sua recomendação clicando no botão igual a este   localizado no final da postagem

------------------------------------------------------

A receita do Jamie Oliver está AQUI.
Quer outra ideia para usar a batata-doce? Olha ESSE bolo do Cozinhando com a Josy. Está na lista para fazer.


5 comentários:

  1. Adorei a receita, faz tempo que não como nada com batata doce.. é uma oportunidade.. obrigada por compartilhar. =)

    ResponderExcluir
  2. Adri, adoro batata doce, tanto ela sozinha, como acompanhada com carnes, ou mesmo nhoque de batata doce. A mistura de sabores, fica divina. Esse purê deve ficar delicioso, ainda mais com a pimenta, e fiquei aqui imaginando sua geléia de pimenta com o purê. Hummmmm...deu água na boca. Gosto muito de sabores picantes.Excelente sugestão.
    Adorei seu comentário, sua mãe deve ter coração de ouro, se bem que para os filhos nós amolecemos igual manteiga né, se minha filha morasse aqui com a gente, eles nem precisariam se esforçar nas insistências hehe
    Bjos amiga, excelente final de semana

    ResponderExcluir
  3. Oi amiga!
    Minha mãe também faz puré de batata doce, mas agora vou dizer para ela misturar a salsinha pois deve ficar um show de paladar. Grata pela dica.
    Andei sumida por uns tempos por motivos de trabalho mas já estou regressando à blogosfera com novidades.
    Beijinhos para você.
    Rute

    ResponderExcluir
  4. Adri,

    Eu adoro batata doce e, inclusive, comprei uma semana passada. DAs grandes! Agora já sei o que farei com ela.

    Ah, eu gosto do Jamie Oliver também. Quem não, né?!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Andréa, também queria comer batata-doce, mas estava sem ideia. Essa receita foi a salvação :) Ficou tão boa que veio para o blog e vou querer repetir! Um beijo!

    Josy, nhoque de batata-doce? Que delícia! Tem lá no teu blog? Vou procurar. Também gosto de batata-doce, mas fazê-la só cozida o marido não come. O picante é uma das iscas para ele, camufla o sabor do legume e a gente aqui adora :) Beijoca!

    Rute, a salsinha dá sabor, uma crocância de leve e vitamina C, é gostoso é saudável colocá-la no purê :) Sendo que purê de mãe não precisa de mais nada, é de mãe <3 Beijinho!

    Carla, tenho que me aventurar mais na batata-doce, nessa época de festa juninas elas estão brotando do chão, rs. Jamie Oliver (suspiro). Sou bem fã das receitas dele :) Beijo!

    ResponderExcluir

O que achou da postagem? Tem mais alguma dica para passar? Ficou com dúvidas? O espaço dos comentários está aberto para todos trocarem uma ideia :)

Gerar PDF da postagem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...