verificador pinterest Casa, Coisas e Sabores: Plágio Não ou this is business, my friend

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Plágio Não ou this is business, my friend

Túlio Sousa / Macho Gourmet
Olha nós aqui de novo. Dois anos depois da primeira blogagem coletiva Plágio Não, continuo na minha inocência perguntando qual a graça/motivo/razão de se ter um blog para reproduzir conteúdo alheio. Ter fama, dinheiro e poder? Sinto muito por frustrar aspirações, mas o negócio não funciona assim. Nada assim. Mas o meu alvo de hoje e estrela da campanha Plágio Não 2013 é outro, é corporativo.

Leia a postagem onde tudo começou: da beleza de se ter um blog ou Plágio Não

Já há algum tempo as empresas descobriram as vantagens de estar na internet. Mais recentemente, elas descobriram que é legal ter um "blog", um espaço na internet formatado como tal e que usa uma linguagem informal e pessoal para ter contato mais direto com o cliente, gerando empatia à marca. Com essa moda, surgiu a necessidade de um alguém para alimentar esse blog, porque, gente, dá trabalho! Eu que o diga. E tem gente que vive de produzir informação, profissionalmente e tudo. Sei bem disso, sou jornalista. Ou seja, isso também custa dinheiro.

A "solução"? Já que o que está na rede é de todo mundo, por que não usar textos e imagens de blogs alheios para alimentar o blog corporativo e associar tudo à marca? Mais "legal" é quando a empresa contrata um profissional ou agência para gerenciar o blog e o trabalho do "especialista" é...copiar e colar.

Alguns fatos indubitáveis:

- Produção de conteúdo é um trabalho ao qual muitos profissionais de comunicação e áreas afins já se dedicam. Há excelentes culinaristas, cozinheiros e chefs que ficariam felizes de serem contratados para desenvolver receitas para seu blog corporativo. Blogueiros da área também curtem fazer parcerias do tipo que tenham benefícios para os dois lados. Resumo: quer ter conteúdo no seu blog corporativo? Invista. Ou caia fora.

- Fui lá no supermercado, paguei as compras do meu bolso, preparei a receita, fiz anotações das quantidades e preparo, montei o cenário, tirei as fotos, selecionei as melhores imagens e editei, redigi o texto e publiquei. Não, eu não quero associar meu trabalho à marca do seu produto sem saber e permitir. Você, empresa, deve saber bem que this is business, my friend. Camaradagem ocorre entre pessoas.

- Tenho o maior cuidado com as marcas e as empresas que divulgo aqui, sempre deixando claro o que é parceria comercial. Minha opinião não está à venda - pois só tenho uma e ela não muda ao sabor dos vento$$$ -, meus princípios também não. Publicidade aqui entra de acordo com minha consciência, com o que me sinto confortável de indicar, é a ética que adotei para o blog. Mais uma vez: não, eu não quero associar meu trabalho à marca do seu produto sem saber e permitir.

- Produzo conteúdo que é uma beleza, quem quiser contratar meu serviço - sério, honesto e ético -, estamos aí.

Nesse mar de coisa estranha, quero ressaltar um exemplo de como fazer do jeito certo. O Mexido de Ideias é um blog oferecido pelo grupo 3 Corações que fala sobre vários assuntos do mundo do café. Um excelente blog por sinal e que faz a marca ganhar pontos. Dá para fazer, viu, gente? É só ser sério.

Confira o post original publicado pelo Casa, Coisas e Sabores: Plágio Não ou this is business, my friend.

Se você gostou dessa postagem e achou o conteúdo relevante - portanto, que pode ser aproveitado por outras pessoas que estejam procurando sobre esse assunto -, mostre sua recomendação clicando no botão igual a este   localizado no final da postagem

3 comentários:

  1. Adri,
    É sempre bom ver os diferentes ângulos da mesma questão - ética!
    Algumas assessorias estão equivocadas quanto às suas estratégias, não selecionando bem seus parceiros, que algumas vezes se utilizam justamente de recursos que criticamos, como a falta de créditos ao autor, entre outras coisas...
    Esse posicionamento coletivo pode ser um alerta.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Num país de "Gersons', onde a facilidade é viabilizada pela frouxidão de certas regras, infelizmente, é o que temos. Esopo, na fábula "A cigarra e a formiga", retrata bem as relações em que uns apenas cantam enquanto outros trabalham arduamente. Abraço

    ResponderExcluir
  3. O assunto é polêmico e muito necessário!!!

    Sou super nova na área de BLOG, mas desde o início aprendi que se for fazer, que seja bem feito e com suas características sem nada de ninguém!!!!
    Tem dado super certo...tudo o que faço é meu e se não for pra ser assim...melhor fazer outra coisa!!!

    Blog é uma coisa tão gostosa...criar é tão legal...Não acho bacana "copiar e colar" :(

    Beijos e Bom fim de Semana
    Andressa

    ResponderExcluir

O que achou da postagem? Tem mais alguma dica para passar? Ficou com dúvidas? O espaço dos comentários está aberto para todos trocarem uma ideia :)

Gerar PDF da postagem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...