verificador pinterest Casa, Coisas e Sabores: Naked cake com frutas vermelhas

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Naked cake com frutas vermelhas


O naked cake, ou bolo pelado, é uma opção bem charmosa na hora de escolher o bolo das comemorações. Ele combina muito com temas mais campestres ou rústicos, mas é só rodar por esse mundão da internet para ver ele sendo usado em várias ocasiões, das mais clássicas e até em festinhas de criança. Mas não pense que ele é boa escolha por ser mais fácil de fazer. Um naked cake de responsa, bem feito e bem apresentado, tem seus cuidados em todas as etapas da preparação. Até porque, se a gente for avaliar bem, a cobertura acaba sendo um "reboco" que esconde defeitos e, muitas vezes, salva o bolo, quem é boleiro sabe bem disso! Rs. Massa bem assada e bem cortada, recheio adequado e apresentação esmerada vão fazer do seu naked cake um sucesso! A seguir, mostro a receita de um bolo pelado de massa branco e recheio e cobertura de buttercream de frutas vermelhas. Também vou dar algumas dicas de como fazer um naked, confira.


Quando me casei, escolhi um bolo de casamento bem simples e clássico, todo branco e decorado com poás. Hoje em dia, talvez minha escolha fosse um naked cake, pois me casei de dia, em local aberto, e ele ficaria tudo a ver com a decoração. Aí o trabalho da minha boleira seria redobrado! A massa precisa estar com acabamento perfeito, os discos precisam ser bem novelados. O recheio deve ficar no lugar, não dá para ficar escorrendo para fora do bolo. Frutas frescas, as mais usadas para decorar naked cake, são sensíveis ao calor e à longa exposição fora da geladeira. É todo um processo, minha gente.

O naked que mostro a seguir ficou mais baixo, mas o bacana é deixar o bolo mais alto, com três, quatro, cinco camadas de recheio... Para isso, massas leves - como pão-de-ló - não aguentam tanto o "tranco" do peso da massa + recheio. Massas de estrutura cremosa, que levam gordura, e mais compactas aguentam melhor e você consegue cortá-las em discos mais facilmente, sem que esfarelem muito. Da mesma forma, recheios mais estruturados não ficam escorrendo para fora do bolo. Creme de manteiga (buttercream) e ganache são ótimas para esse fim.



Buttercream é um assunto polêmico. Tem gente que gosta, tem gente que detesta. O sabor de manteiga é muito presente, e é assim mesmo. Na receita que mostro adiante, usei alguns recursos para dar uma amenizada: a manteiga é sem sal e de boa qualidade (imprescindível ser sem sal e de boa qualidade, influencia muito no sabor), o creme de manteiga foi feito com um merengue suíço como base e a geleia de frutas vermelhas dá um toque de sabor.

Dá para usar ganache de chocolate branco e tingir de rosa para um efeito bem parecido com o da foto, caso o buttercream não agrade muito o seu eleitorado.

NAKED CAKE COM FRUTAS VERMELHAS
(Rende um bolo pequeno na forma de 20 cm)

Massa
140 g de manteiga
1 xícara de açúcar refinado
3 ovos pequenos
1 e 3/4 de xícara de farinha de trigo
2 colheres de sopa de fécula de batata (ou amido de milho)
1 copo de iogurte natural (170 g)
1 colher de chá de extrato de limão (ou de baunilha)
1/2 colher de sopa de fermento químico para bolo

Clique aqui e veja como fazer extrato de limão siciliano caseiro, foi esse que usei na receita.

Peneire a farinha e a fécula juntos, reserve. Bata a manteiga com o açúcar até formar um creme. Sem parar de bater, acrescente os ovos, um a um, batendo bem depois da adição. Vá acrescentando a mistura de farinha e o iogurte pouco a pouco, alternando a adição, até acabar. Junte o extrato de limão, misture, e o fermento, misturando brevemente, só até ficar homogêneo. Coloque em forma de fundo removível (de preferência), forrada com papel manteiga ou bem untada com uma camada fina de manteiga e enfarinhada. Leve ao forno preaquecido a 180 ºC por 30 a 40 minutos.

Calda
150 ml de água
2 colheres de sopa de açúcar comum
1 colher de sopa de geleia de frutas vermelhas

Misture todos os ingredientes e leve ao fogo para ferver, em fogo baixo. Deixe até reduzir um pouco. Coe e deixe esfriar.

Creme de manteiga (buttercream) de merengue suíço
5 claras
1 xícara e 2 colheres de sopa de açúcar comum
400 g de manteiga em cubos*
2/3 de xícara de geleia de frutas vermelhas
Corante vermelho (opcional)

*Deve estar em temperatura ambiente, mas não mole. Fiz assim: tirei a manteiga da geladeira, cortei em cubos e deixei dentro de um prato fora da geladeira. Fui cuidar das claras e, no momento de adicionar a manteiga, ela já estava na temperatura boa.

Coloque as claras e o açúcar em um recipiente (que aguente calor) e leve a banho-maria. O recipiente não deve encostar na água. Vá mexendo devagar e sempre com um fouet. Quando você pegar a clara com os dedos e não conseguir sentir mais os grãos de açúcar, está bom. Leve as claras aquecidas à batedeira (o bowl deve estar bem limpo) e bata em velocidade média, até o conteúdo esfriar e formar um merengue consistente e com brilho. Sem parar de bater, acrescente os cubos de manteiga, aos poucos. O creme fica molenga no começo, mas continue a bater que ficará bem consistente. Acrescente então a geleia e continue batendo. Se quiser um tom mais rosa, acrescente algumas gotas de corante (coloquei 3 gotas de corante em gel) e bata para misturar.

Montagem
Com o bolo completamente frio, corte-o em três discos. Se ficou alguma "barriga" no topo do bolo, corte para nivelar. Coloque o topo do bolo de "cabeça pra baixo" no prato de servir e molhe com a calda (fria), bem pouco e com a ajuda de um pincel. Espalhe o buttercream por cima com um saco de confeitar e nivele com espátula ou colher. Usei bico perlê grande, mas você pode apenas cortar a ponta do saco que funciona. Isso garante recheio bem nivelado em cada camada. Coloque o disco do meio do bolo por cima e repita o processo com calda e buttercream. Coloque o último disco, com o fundo do bolo pra cima. Molhe com a calda, faça bolas com o buttercream e "puxe" cada uma na sua direção, com espátula ou colher pequena, como mostra a foto. Mantenha na geladeira e tire antes de servir, para o recheio ficar macio. Decore com as frutas pouco antes de servir (usei morango e amoras) e polvilhe açúcar (impalpável ou açúcar gelado).





Sempre há a opção de assar a massa em várias formas iguais e não ter que cortar ou discos, ou ter que cortar os discos somente ao meio. Se quer garantir que os discos ficarão com bom acabamento, essa é uma boa escolha. A receita de massa que passei dá para uma forma de 20 cm baixa (com 5 cm). Faça o dobro da receita para usar em uma forma mais alta ou para assar em duas formas baixas e fazer mais camadas.

Uma opção mais barata, e também bem bonita, para decorar o naked cake é usar uvas de diferentes cores. Uvas verdes e uvas rosadas, com folhinhas de hortelã, já dão uma decoração superlinda e infinitamente mais barata que com frutas vermelhas. Não quis colocar flores naturais, mas elas são bem usadas no naked cake. Limpe bem os cabos de folhas e espinhos e enrole-os com papel alumínio antes de enfiar no bolo. Na hora de colocar as frutas e flores, comece sempre posicionando os elementos maiores e depois vá preenchendo os espaços com os menores. Polvilhar açúcar em cima é de praxe. O açúcar de confeiteiro some bem rápido, açúcar impalpável ou açúcar gelado (vendidos em lojas de confeitaria) ficam por mais tempo.

Confira o post original publicado pelo Casa, Coisas e Sabores: Naked cake com frutas vermelhas.

Se você gostou dessa postagem e achou o conteúdo relevante - portanto, que pode ser aproveitado por outras pessoas que estejam procurando sobre esse assunto -, mostre sua recomendação clicando no botão igual a este   localizado no final da postagem

-----------------------------------------

A receita do buttercream na qual me baseei foi ESSA do blog Cupcakeando. A massa e a calda são receitas que já usava.

3 comentários:

  1. Lindo, bem mostrada a receita e delicioso! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Olá! Quanto tempo dura esse buttercream?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Se não for comer na hora, o bolo com o buttercream deve ser mantido em geladeira e retirado uma hora antes de comer, para voltar a ficar macio. Mantido assim, dura três dias. Dá também para fazer o buttercream um dia antes, por exemplo, e manter em geladeira até usar - é preciso bater um pouco para voltar a ficar macio. Já li por aí que dá para congelar buttercream, assim dura bastante, mas nunca fiz. Beijos!

      Excluir

O que achou da postagem? Tem mais alguma dica para passar? Ficou com dúvidas? O espaço dos comentários está aberto para todos trocarem uma ideia :)

Gerar PDF da postagem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...