verificador pinterest Casa, Coisas e Sabores: Pavê paris, uma versão (minha) da torta alemã

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Pavê paris, uma versão (minha) da torta alemã


Se você precisa de uma sobremesa fácil, com poucos ingredientes e que fique pronta relativamente rápido, o pavê paris é na medida. A receita não é nada complexa, mas o pavê paris que mostro a seguir foge do que se conhece como tal. Explico em seguida também. Nomenclaturas à parte, o mais importante é que essa é uma sobremesa bem democrática, daquelas perfeitas para o almoço de família, e ainda recebe variações para ter um doce diferente a cada domingo. Esse pavê paris pode não ser ao pé da letra, mas vai agradar aos "comensais" e à cozinheira, pois o trabalho também é muito pouco.


Conheço essa receita como pavê paris, mas, quando fui fazer uma singela pesquisa na internet por "pavê paris" achei um preparo totalmente diferente, com doce de leite e tudo interessei, claro. O causo é que não gosto daquele creme de manteiga que tradicionalmente se usa na torta alemã. Assim, resolvi trocar esse "recheio" pelo creme com leite condensado que se usa para fazer pavês e proceder a montagem do mesmo jeito. Como esse creme é conhecido como "creme paris", acho que veio daí o nome de "pavê paris". Bem, o nome é o que menos importa.



Versatilidade é o verdadeiro nome dessa receita: o creme pode receber chocolate, o creme pode receber raspas de limão; os biscoitos podem ser de chocolate, os biscoitos podem ser champagne, os biscoitos nem precisam ser biscoitos, podem ser bolo; frutas como morango e pêssego podem ser entremeadas com o biscoito; a cobertura pode receber uma bebidinha alcoólica, pode ser de chocolate branco, de geleia, de chantilly. Ufa!

E agora que descobri que a torta holandesa, que achei que fosse um outro nome para torta alemã, leva sorvete de recheio, ao que tudo indica? Enfim, ficamos todos na Europa com sobremesas deliciosas, fato.

Pavê paris 
(Rende uma forma redonda de 20 cm)

1 e 1/2 pacote de biscoito maisena ou maria
2/3 de xícara de leite + 1 colher de chá de extrato de baunilha

Creme
1 lata de leite condensado
1 medida da lata de leite integral (clique AQUI e veja a medida em xícaras)
2 colheres de sopa de amido de milho
2 gemas
1 colher de chá de extrato de baunilha

Cobertura
200 g de chocolate meio amargo
3/4 de caixa de creme de leite (150 g)
Chocolate em pó

Creme: misture o amido de milho no leite. Em uma panela, coloque o leite condensado, as gemas, a baunilha e misture com um fouet, até as gemas ficarem bem misturadas. Acrescente o leite misturado ao amido e leve a panela ao fogo médio, mexendo sempre. Quando começar a engrossar, abaixe o fogo e deixe ferver por alguns minutos, mexendo sempre com o fouet. Reserve.
Cobertura: coloque o chocolate em um recipiente de vidro ou cerâmica (que vá ao micro) e leve ao micro-ondas. Deixe 30 segundos, retire e mexa, e vá repetindo esse processo até o chocolate ficar derretido por igual. Junte o creme de leite e misture bem.
Montagem: em uma forma de fundo removível, passe os biscoitos na mistura de leite com extrato de baunilha e faça uma camada, preenchendo bem os espaços vazios do fundo. Faça uma camada fina do creme por cima dos biscoitos. Coloque mais uma camada de biscoitos, dessa vez pode colocá-los apenas ao lado um do outro, sem cobrir os "buracos". Vá repetindo as camadas, no total serão 3 camadas de biscoito e 3 de creme, terminando com a de creme. Espalhe a cobertura por cima e leve à geladeira por pelo menos 1 hora. Desenforme e polvilhe chocolate em pó por cima. Sirva frio.

Utilize a forma de fundo removível se quiser desenformar bonitinho. Se não tiver, monte as camadas em uma travessa de vidro - fica mais bonito com as camadas aparecendo - ou qualquer outra travessa que queira.

Veja também outras receitas de pavê do blog:

Pavê de maracujá
Pavê de doce de leite condensado
Tiramisu econômico

Confira o post original publicado pelo Casa, Coisas e Sabores: Pavê paris, uma versão (minha) da torta alemã.

Se você gostou dessa postagem e achou o conteúdo relevante - portanto, que pode ser aproveitado por outras pessoas que estejam procurando sobre esse assunto -, mostre sua recomendação clicando no botão igual a este   localizado no final da postagem

7 comentários:

  1. Ah, que bom! Fico aflita com aquele monte de manteiga da torta alemã.Mas que fica bom, fica. Vou fazer nessa versão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. lili, não sou muito fã do sabor do creme de manteiga, mas a muita gente não tem esse "problema", rs, e fazer o creme com manteiga de boa qualidade é o segredo. Acho essa versão mais leve, experimenta sim! Beijos.

      Excluir
  2. Fiz a receita e ficou muito parecido com a torta alemã, parabéns pela receita!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dani! Que bom que você gostou da receita e veio contar, obrigada :) Beijos.

      Excluir
    2. A próxima receita a ser feita será o Tiramissú econômico, rsrs!!! Obrigada pelas postagens Adri!!! Beijos, beijos =D

      Excluir
  3. Essa para mim é nova Adri, não sabia que torta Holandesa e Torta Alemã eram diferentes, pra mim eram a mesma coisa. O fato é que essa torta parece fantástica, excelente para servir na ceia de Natal. Gostei muito miga. Beijinhods

    ResponderExcluir

O que achou da postagem? Tem mais alguma dica para passar? Ficou com dúvidas? O espaço dos comentários está aberto para todos trocarem uma ideia :)

Gerar PDF da postagem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...