verificador pinterest Casa, Coisas e Sabores: Drinques do 1º Guest Bartender no bar Astor (RJ)

sábado, 1 de fevereiro de 2014

Drinques do 1º Guest Bartender no bar Astor (RJ)


Verão, calor - não me canso de dizer isso - e a praia de Ipanema ao fundo. O 1º Guest Bartender promovido pela filial carioca do bar Astor teve tudo isso e a presença especial do mixologista eslovaco Rusty Cerven, que preparou (deliciosos!) drinques assinados. O Casa, Coisas e Sabores esteve a convite no bons drink e atesta: com a vista de Ipanema é mais gostoso. Conheça os drinques exclusivos, verdadeiros shows de sabores, criatividade e habilidade, e tire as crianças da sala. É uma verdadeira aula de como ingredientes e combinações inusitadas dão muito certo.

Atendendo a todos com muita simpatia, o mixologista Rusty Cerven esbanjou destreza e sagacidade: a velocidade com que ele prepara os drinques também me deixou impressionada! Ele é senior mixologist do Connaught bar, em Londres, e foi o ganhador de 2013 do Bols Around the World, maior campeonato de bartender do mundo. Traduzindo: o cara é fera. A mixologia incorpora técnicas de gastronomia (como espumas e xaropes) no preparo dos drinques, o mixologista, então, precisa também ter conhecimento de ingredientes, processos de fabricação e técnicas para criar suas bebidas.

Rusty Cerven em ação!


O Guest Bartender tem curadoria de Fabio La Pietra, head bartender do Sub Astor (SP), e promete trazer outros profissionais premiados ao Astor de Ipanema para apresentar seus drinques. Importante: a casa fica aberta ao público. Veja os drinques servidos:

Babylon - Vodca com infusão de flor hibiscus, Bols Triple Sec, xarope de baunilha, suco de limão siciliano e clara de ovo. Sim, clara de ovo. Não provei esse por falta de tempo, mas as amigas blogueiras (Vivian do Temperaria, Raquel A e Raquel Lo do Gordelícias) acharam muito bom.

Babylon - foto da Vivian Coco / Temperaria

Green Park - Cachaça Pirajá, Bols Mint, chá verde japonês, sorbet de limão tahiti e bitter de aipo. Bastante mentolado, só dei uma "bicada" nesse, mas não fez muito a minha cabeça.

Green Park


Old Dutch - Uísque Bourbon aromatizado com manteiga, Bols chocolate e bitter de alcaçuz, defumados com fumaça de folhas de chá preto. Esse era um espetáculo! Depois de acrescentar as bebidas, a mistura era impregnada com a fumaça, bonito de ver. E gostoso de beber, meu preferido. Quem diria que uísque faria uma combinação tão boa num drinque.

Old Dutch

Grasshopper - Bols Cacao Brown, Bols Mint e leite de arroz com especiarias. Refrescante e de sabor mentolado suave, com linda cor menta leitosa. O toque: um ramo de manjericão preso na borda do copo, cujo aroma sentido a cada gole era mais um item na degustação do drinque.

Grasshopper


Nem só de drinques vive o Astor. Embora a oferta de drinques da casa seja de encher os olhos, tantas as opções. As comidinhas de boteco têm espaço garantido, de petiscos como bolinho de arroz e croquete à cozinha boêmia com picadinho e filé à Oswaldo Aranha.



Confira o post original publicado pelo Casa, Coisas e Sabores: Drinques do 1º Guest Bartender no bar Astor (RJ).

Se você gostou dessa postagem e achou o conteúdo relevante - portanto, que pode ser aproveitado por outras pessoas que estejam procurando sobre esse assunto -, mostre sua recomendação clicando no botão igual a este   localizado no final da postagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que achou da postagem? Tem mais alguma dica para passar? Ficou com dúvidas? O espaço dos comentários está aberto para todos trocarem uma ideia :)

Gerar PDF da postagem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...