verificador pinterest Casa, Coisas e Sabores: Blogagem coletiva: adolescência

domingo, 15 de maio de 2011

Blogagem coletiva: adolescência

Que jogue a primeira batata frita quem, na adolescência, não trocou uma refeição por um hambúrguer, com todos os acompanhamentos a que se tem direito. Acho que lanche e adolescente andam de mãos muito dadas: a ansiedade de crescer, virar adulto, fazer tudo-agora-ao-mesmo-tempo, se reflete nas refeições. Sentar, comer arroz, feijão, carne e salada? Manda um pastel e um refrigerante que a gente come encostado no balcão mesmo!

Se bem que muita gente adulta parece não ter saído da adolescência e troca tudo por um suculento hambúrguer, rs, mas essa é outra história.

Para esse terceiro tema da Blogagem Coletiva Fases da Vida, que trata da adolescência, deixo uma sugestão mais "adulta" - e saudável - de um lanchinho muito querido por 99,9% das pessoas que conheço: batata frita!

Essa batata frita é assada. Isso aí, mas pode colocar na mesa e dizer que é batata frita porque fica bem crocante e o sabor não deixa nada a dever.



Usei 2 batatas médias. É só descascar (ou não, pode usar com a casca depois de limpar bem com uma escovinha) e cortar em palitos. Seque bem os palitos em um pano de prato limpo e coloque a batata em uma forma de alumínio. Polvilhe farinha de trigo - usei cerca de 1 colher de sopa rasa - e chacoalhe as batatas na forma, pode revolver com as mãos também, para que os palitos fiquem bem envolvidos na farinha. Joguei um punhado de alecrim seco - aqui pode entrar a erva do seu agrado, ou nada. Espalhe azeite por cima das batatas - usei 2 colheres de sopa - e misture bem, chacoalhando a forma mais uma vez.

Disponha os palitos de batata bem espalhados pela forma e leve ao forno médio. Aqui deixei por 30 min, mas o ideal é ficar de olho e tirar quando as batatas estiverem douradas, torradinhas...

Atualizando: esqueci de colocar parte importante do processo. Depois de 15 ou 20 min de forno, vire os palitos com a ajuda de uma espátula, para que dourem dos dois lados.

Acrescente sal a gosto e comemore por comer batatas fritas que não passaram pela fritura!

------------------------------------------------------------

A receita original é do blog Diga Maria, confira AQUI.

Para ver todas as participações na Blogagem Coletiva Fases da Vida - Adolescência, visite ESTE blog, o Publicar para Partilhar.


17 comentários:

  1. Adri,
    Demorei a chegar, mas aqui estou!
    Faz um tempinho que ouvi minha vizinha falando sobre essa batata "frita" e fiquei com vontade de experimentar. Não sei o que estou esperando... Cada vez que vejo alguém falar disso, renasce a vontade.
    Hamburger e batata frita... Só falta o refrigerante para completar o quadro do lanche favorito dos adolescentes... e não só..., mas já superei isso, viu?
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Oi Adri.
    Gostei da maneira como colocou seu texto. Adolescência e batata frita e ou lanches. Super original sua participação. Já levei a receita de batata frita/assada. Adorei. Brigadão, pela visita também. Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Olá Adri,
    vim agradecer e retribuir a visita!
    Como eu sou timida, adorei participar da blogagem coletiva, me soltei e fui escrevendo sem parar.
    E cá entre nós, faz um bem a alma.
    Minha adolescencia não foi diferente, adorava um fast food, mas na época era muito caro, e se eu quisesse comer, tinha que atravessar a cidade, atras de um shopping, hoje ficou tudo tão fácil, se deixar, meus filhos querem comer todos os dias. kkkkkkkkk
    E essas batatas assadas, são uma salvação.

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Concordo com você em todos os pontos de suas considerações e mais ainda em relação a essas batatas, pois as fiz essa semana e ficaram ótimas, também fui seduzida pela Maria!
    Bjuss!!!

    ResponderExcluir
  5. amo hamburger e batata frita rsrsr parabens pela postagem! tambem estou nela:
    http://anacristinap.blogspot.com/2011/05/blogagem-coletiva-fases-da-vida.html#comments
    bjo

    ResponderExcluir
  6. Marido simplesmente ama batata frita!

    Passa lá no meu cantinho porque tem sorteio!!!

    Bj e ótima semana.

    ResponderExcluir
  7. Tambem participo da blogagem coletiva:
    http://mariazinhap.blogspot.com/2011/05/blogagem-coletiva-fases-da-vida.html
    Parabens pela sua postagem!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Gina, não deixe de fazer, essa batata é surpreendente! Aliás, fica a dica, antes de fritar qualquer coisa, pense se não pode fazer no forno, você pode descobrir pratos deliciosos e mais saudáveis :-) Beijos.

    Esplendor, obrigada pela visita! E quem resiste a uma batata frita (criança, adolescente, adulto)? Rss. Um beijo.

    Fabiana, essa blogagem está ótima, é a primeira que eu participo também e não perco uma, estou adorando :-) Beijos!

    Rachel, a Maria já foi além e fez batatas chips! Nunca fiz batata frita em casa, mas essa batata assada vai acabar aparecendo sempre. Obrigada pela visita :-)

    Ana Cristina, se joga nessa batata assada! Você vai ver como é gostosa. Já fiz hambúrguer caseiro algumas vezes, vou preparar uma receita para postar aqui, aí você completa a dupla imbatível (é mesmo bom demais!). Beijo!

    Renata, experimenta fazer para o maridão sem dizer que foi no forno, depois me conta o que ele achou :-) Bem-vinda e obrigada pela visita!

    Mariazinha, obrigada! Vou retribuir a visita :-)

    ResponderExcluir
  9. EXCELENTE COMBINAÇÃO DE BATATA FRITA COM ADOLESCENTE E FORNO!!!DEZ!!!Bjssksssssss

    Minha participação está no blog Rumos Libertadores: http://rumoslibertadores.blogspot.com
    Comente e concorra a um livro pela loteria federal ,até o dia 28/05,A SUA ESCOLHA!!SE QUISER SEGUIR,POOOOOOOOOODE!!!!E EU AGRADEÇO!!!

    ResponderExcluir
  10. Eu vou fazer, pois eu gosto muito de batata frita, mas aqui em casa dificilmente se faz algo frito pelo meu marido e assim exemplo para as crianças.Mas quando saímos, eles podem comer batatinha, hamburguer e demais.Uma vez e outra não tem problema!
    Uma dica ótima para os adolescentes e ainda mais de origem alemã que gostam de batata..
    Paz e bem!

    ResponderExcluir
  11. Eh eh eh,
    que jogue a primeira batata quem nunca deixou de comer só para chegar junto dos amigos à hora marcada!
    Ou então, quem nunca fingiu já estar recuperada duma gripe ou amigdalite só para poder sair com a malta à noite :)
    Adolescente faz cada coisa!!!!
    Muito fixe seu post.
    Despreocupado mas com indiretas, ah ah ah.
    Batatinha gostosa!!!!! Quero uma!
    Beijinhos de forno,
    Rute

    ResponderExcluir
  12. Seja em q fase da vida for, comer é muito bom. E uma batata, então... frita, cozida, assada, de todo jeito é bom demais. Adorei a dica. Muita paz!

    ResponderExcluir
  13. Realmente, as batatas fritas fazem parte da vida, dela toda! Quem as prova não deixa de gostar xD Eu costumo fazê-las só com azeite no forno, mas vou experimentar com a farinha, porque assim devem ficar mais crocantes. Muito obrigada pela dica! Aqui em casa adoram essas batatinhas, mas a gente não pode ceder e fritá-las em montes de óleo!

    beijinhos

    ResponderExcluir
  14. Essas batatas pré-fritas compradas em embalagens congeladas, coloco direto no forno e deixo até dourar. Demora o dobro de tempo se fosse fritar, mas como já é pré-frita e contém oléo, o forno serve para secar.
    O seu modo de fazer é muito mais saudável e vou agregar no meu dia a dia. Adoro batatas e, hum... alecrim! Também salpico quando cozinho legumes no vapor.
    Sou a adulta que não deixou de comer lanches e não vejo mal nisso ;) já que no dia a dia compenso com uma alimentação natural.
    O que não concordo e o uso excessivo de condimentos - catchup e mostarda.
    Boa semana! Beijus,

    ResponderExcluir
  15. Adri !!!
    Eu adoro batata frita - mas não faço !
    Saí correndo e fui para a cozinha preparar !

    Depois eu digo como ficou.
    Os jovens sempre adoraram lanchinhos e os adultos atuais também.
    Beijo

    ResponderExcluir
  16. Zilda, obrigada pela visita! Sorteio é bom e o povo gosta :-)

    Bel, tem toda a razão, se não houver problemas de saúde, não faz mal comer uma batatinha frita ou hambúrguer de vez em quando. Aqui em casa também não entra fritura, sabe um dos motivos? Detesto cheiro de fritura! Rs.

    Rute, estou vendo que você foi uma adolescente "da pá virada", como dizem por aqui, rss. Um beijo totalmente oil free!

    Denise, batata é unanimidade, né? Eu também gosto de todo jeito. Amo purê de batata com carne moída, meio comida de bebê, rs. Beijo e obrigada pela visita!

    Marta, a farinha faz a diferença mesmo, deixa bem crocante, experimenta e me diz. Mas batata assada em pedaços grandões também é uma delícia. Beijos!

    Luma, comida pouco saudável é sempre mais prática e fácil, aí é que a gente morre pela boca! Hehehe. Mas uma comidinha caseira e bem temperada - como parece ser a sua - é tudo de bom. E eu não caio de boca nos lanchinhos (agora mais) de vez em quando? Abafa! Beijos :-)

    ResponderExcluir
  17. Flora, gosto muito de batata frita também, mas evito fazer em casa e - agora que estou numa de perder peso - evito até comer por aí. Não é uma salvação essa batatinha frita assada para nós? Conta depois o que você achou :-)

    ResponderExcluir

O que achou da postagem? Tem mais alguma dica para passar? Ficou com dúvidas? O espaço dos comentários está aberto para todos trocarem uma ideia :)

Gerar PDF da postagem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...