verificador pinterest Casa, Coisas e Sabores: Falso bobó de frango na abóbora

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Falso bobó de frango na abóbora


No lugar do camarão, frango. Em vez do purê de aipim (mandioca, macaxeira), purê de abóbora. O azeite de dendê nem passou perto. Do bobó tradicional mesmo só sobrou o leite de coco e olhe lá. Mas, chame do que for, é uma delícia! O falso bobó de frango é superfácil de fazer e a apresentação é um charme a mais que não dá quase trabalho nenhum: a abóbora serve de "cumbuca" para levar o prato à mesa e ainda recebe todo o sabor do creme. Ah! Não se preocupe que, no falso bobó de frango, a pimenta continua presente. Ou não, a cozinha é sua e você que manda!

Se você fritar alguns camarões miúdos ou graúdos e colocar na minha frente, comerei feito pipoca, fato. Mas acontece que não sou muito chegada a camarão ensopado. Até gosto no começo, mas, na terceira garfada, já estou ficando enjoada do sabor. Prefiro aqueles recheios de camarão enganosos, que a gente morde, morde e não acha nada, rs. Prefiro que me enganem com creme sabor camarão.

Por isso, apesar de já ter comido alguns bobós de camarão deliciosos, não pensei duas vezes em trocar o crustáceo pelo frango. E abóbora é figurinha fácil por aqui (é barata, gostosa, nutritiva, pouco calórica - te amo, abóbora!). O coentro - presente também na receita original do bobó -, o leite de coco e a pimentinha garantem a lembrança do delicioso tempero baiano. Troquei 10 por meia dúzia, mas saí ganhando.


Falso bobó de frango na abóbora
(Rende 3 porções)

2 xícaras de peito de frango em cubos (3 filés médios)
1 abóbora pequena (retirar cerca de 3/4 de xícara de polpa)
2 dentes de alho picados
1/4 de cebola pequena picada
1 colher de sopa de coentro fresco picado
1/2 lata de tomate pelado (ou o equivalente em tomate fresco em cubos)
1/2 garrafa (100 ml) de leite de coco
Sal, azeite e molho de pimenta a gosto

Preparando a abóbora: lave bem a abóbora com uma escova e corte uma tampa no topo (aproveite para retirar um pouco de polpa dessa tampinha). Retire as sementes com as mãos (guarde para usá-las ASSIM) e cave com uma colher para retirar um pouco de polpa. A minha abóbora estava bem macia, se a sua estiver muito dura, tire as sementes e deixe para cavar depois de cozida. Embrulhe a abóbora em papel alumínio e leve ao forno médio por 30 a 40 min, até, espetando com um garfo, verificar que está macia. Atenção, não pode ficar molenga.
Na panela: refoque o alho e a cebola no azeite. Junte o frango e deixe dourar. Acrescente a polpa da abóbora, o tomate, o leite de coco, o coentro, a pimenta (usei molho Tabasco, mas pode ser qualquer molho ou pimenta fresca picada) e sal. Deixe apurar e reduzir um pouco o líquido. Sirva dentro da abóbora.

Comprei a abóbora por causa do formato e do tamanho, mas pesquisei depois e vi que é do tipo Carioca/Jacarezinho (???). É bem saborosa, macia e tem pouco líquido, recomendo para a receita. Mas, claro, faça com a abóbora que tiver e do tamanho que preferir. Se gostar e tiver, pode também acrescentar 1/2 colher de sopa de azeite de dendê na receita (ou até mais, mas é melhor ir provando para sentir quando estiver a seu gosto, pois dendê é arretado).

Se você gostou dessa postagem e achou o conteúdo relevante - portanto, que pode ser aproveitado por outras pessoas que estejam procurando sobre esse assunto -, mostre sua recomendação clicando neste botão


----------------------------------------------------

A receita original que serviu de inspiração é ESSA. É do Dia Dia do meu muso Daniel Bork e tem vídeo.

Para quem ficou com vontade de camarão de tanto que falei do bicho, veja ESSA receita de bobó de camarão tal qual.

6 comentários:

  1. Adri, me identifico com as receitas que rompem com os conceitos pré estabelecidos...rsrs Verdade, adoro essas mudanças porque nascem variações ótimas!
    Um beijão e bom finde

    ResponderExcluir
  2. Adri,

    Achei muito engraçado vc dizendo que prefere ser enganada quanto ao camarão...rsss. Uma vez, em Floripa, pedimos um pastel de camarão tamanho G. Menina, vc teria um surto: o recheio era de mais ou menos 1kg de camarão! Algo surreal...rs.

    Gosto muito da combinação de abóbora com leite de coco. Acho que se completam.

    Um grande beijo,
    Carla Maicá

    ResponderExcluir
  3. Que linda apresentação Adri, acho um charme essas cumbuquinhas de abóbora onde podemos variar nos recheios, gostei dessa receita, e com frango é uma delicia. Bjokas

    ResponderExcluir
  4. Olá Adri!!
    Essa moranga com recheio deve ser um estrondo de sabor! Já comi um bobó de marisco na moranga que ficou um espetáculo! Xiii há quantos anos! Era um amigo meu que fazia.

    Olhe, não sei se você deu pelas Ressonâncias ou se tem achado graça aos paralelos que vão surgindo por lá, mas a lista de participações ressoantes não pára de crescer. Quanta diversidade instigante à criatividade. Maravilhoso.

    Dai que, lembrei de desfiar você. Inclusive por causa daquela nossa ideia baseada em Economia, lembra? Pois é, você não quer apresentar-nos Ressonâncias Sócio-Económicas da BCFV?

    As Ressonãncias estão a funcionar deste modo, 1 item por cada fase. No meu caso, 1 filme por cada fase, por exemplo, no caso da Josy, 1 confecção culinária por cada fase, a Lina, 1 música por cada fase, mas há mais e muito inusitadas associações.

    No seu caso, poderia associar um indice macro-economico com cada fase. Por exemplo, Taxa de Natalidade, Taxa de Inflação e etc... Entendeu? Gostou? Quer tentar?

    Beijo além-mar.
    Rute
    (eh eh eh, no caso da Juventude até lembrei das taxas sobre a renda, é assim que vocês falam no Brasil, não é? Imposto de renda)

    ResponderExcluir
  5. Lucia, obrigada querida! O sabor também ficou delicioso :-) Beijos!

    Sandra, costumo romper os padrões por um motivo muito simples: uso o que tenho em casa. É difícil eu sair para comprar ingredientes de determinada receita. Assim, não desperdiço e ainda exercito a criatividade, rs. Beijos!

    Carlinha, visualiza: eu em Floripa, com um big pastel de camarão na mão, metade comido, catando camarão por camarão e colocando no cantinho do prato. Essa sou eu! Hehe. Abóbora com leite de coco é campeão :-) Beijoca!

    Josy, eu acho fofas essas cumbuquinhas de vegetais! Fico doidinha quando têm minivegetais no hortifruti, pois dá para fazer cumbuquinhas individuais :-) Beijinhos!

    Rute, desafio das ressonâncias aceito! Vou te falar lá no teu blog. Beijos!

    ResponderExcluir

O que achou da postagem? Tem mais alguma dica para passar? Ficou com dúvidas? O espaço dos comentários está aberto para todos trocarem uma ideia :)

Gerar PDF da postagem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...