verificador pinterest Casa, Coisas e Sabores: Brincando de confeiteira

domingo, 16 de maio de 2010

Brincando de confeiteira

Bolo do meu noivado, coberto com pasta americana
Quando eu era pequena, minha mãe fazia altas festas de aniversário para mim e minha irmã mais nova, com bolo, balas de coco enroladas no papel com franjas e bola gigante com balas dentro, um dos momentos mais esperados de todas as crianças nas festinhas, antes das cotoveladas e do choro.

Naquela era pré-papel de arroz, bolo de aniversário que se prezasse tinha que ter glacê. Mas não era só cobrir. Tinha que ter bico pitanga, flores de glacê real e o seu nome escrito em bico perlê.

Lembro do saco de confeitar da minha mãe. Na teoria, parece ser muito fácil colocar o glacê no saco, enroscar o bico e sair confeitando. Na teoria. Na prática, é preciso muita habilidade para manejar o "equipamento" e mão firme para evitar que os traços de glacê saiam murchos e tristes, o que definitavente não tem cara de festa.

A única vez em que tentei confeitar com glacê, para um bolo com a bandeira dos Estados Unidos que tive que levar para a escola (???), ficou horroroso. Se Bush filho fosse presidente naquela época, eu estaria na lista negra de terroristas, talvez até no Eixo do Mal.

Felizmente, pulando a era do papel de arroz, resolvi minha sanha de ser confeiteira com a maravilhosa pasta americana. Quem se dedicava com afinco na escola à massinha de modelar ganha pontos nesta parte da confeitaria.

A massa é muito fácil de manusear e bastante versátil, pode ser colorida com várias nuances usando corante em gel (a água é total inimiga da pasta americana) e, com um bom acabamento, decora de bolos finos aos mais divertidos, para festas infantis.

Nunca tentei fazer, compro a massa pronta, de um tipo que já vem maleável, pois meus bracinhos não dão conta daquelas pastas que vêm duras feito pedra. Uso açúcar impalpável para trabalhar e abrir a massa. Como uso uma pasta mais molinha, não corro o risco de deixá-la dura.

Para aderir à massa do bolo, o gel de brilho (ou qualquer outra geleia) resolve. Se tiver que colar algum detalhe de pasta americana na cobertura também em pasta, uma gotinha de água. Cortadores próprios resultam em flores, folhas, corações...

O primeiro passo para trabalhar com pasta americana é saber cobrir o bolo de forma correta. Nesse momento, uma camada de glacê real ou chantily serve de "argamassa" para cobrir as imperfeições do bolo e dar um efeito liso.



Outra possibilidade de uso da pasta americana é para decorar cupcakes, tão em moda nas festas de casamento e infantis. Para entregar os convites do meu casamento aos padrinhos, decorei alguns muffins como noiva/noivo. Comprei uma embalagem pequena demais e amassei um pouco a decoração.



-------------------------------------------------------------

Atualizando: A pasta americana maleável é da marca Arcolor (tive que pesquisar para descobrir a marca, sempre me guiei pela cor bege da embalagem). A mesma marca tem ótimos corantes em gel e em pó. Para comprar no Centro do RJ: http://www.aidanfesta.com.br/, uma ótima loja de tudo que é artigo para confeitaria e festas. E lá ainda tem os clássicos noivinhos da Wilton. No Largo do Machado (RJ), tem a http://www.jlmpapelaria.com.br/, mistura de papelaria, loja de presentes/artigos de festas, quebra o galho com muita autoridade. Fora as outras 1.352 lojas de festas da Alfândega.

------------------------------------------------------------

Ao colorir a pasta americana, é preciso ter em conta que a tonalidade vai se intensificando com o passar do tempo, por isso todo o cuidado é pouco quando a ideia é conseguir tons suaves. Para não errar, também há a opção de comprar a massa pronta já na cor desejada.

4 comentários:

  1. Adri vim ver os cupcakes que vc sugeriu, vc acredita que nunca usei a pasta americana? Não sei se vou saber manuseá-la, mas vc dando as dicas e a marca quem sabe me arrisco.Pena que o video tiraram do ar, gostaria muito de ter visto, mas adorei a sugestão. Obrigada..bjos

    ResponderExcluir
  2. Josy, essa marca que indico é a que acho mais fácil de se manipular, para uma pessoa jeitosa como você, acho que não tem mistério :-) Obrigada por falar do vídeo, já troquei por outro para poder ilustrar. Um beijo!

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde! Adriana sou novata no assunto de doceira estou querendo começar a fazer biscoitos decorados, andei pesquisando como fazer, o que me deixou em dúvida foi ao glacê !, pois já existe prontos e com as cores que queremos para realizar o desenho, e onde compro as forminhas para fazer os biscoitos, moro no Catete Rj , e quero muito aprender. Grata, Emanuela .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Emanuela! Não sou muito expert nos biscoitos decorados, mas já andei fazendo alguma coisa aqui no blog. As decorações mais comuns são com pasta americana (veja aqui: http://www.casacoisasesabores.com.br/2012/12/semana-de-natal-biscoitos-de-natal-com.html) ou glacê real. Tem para comprar o pó para glacê real, acho mais seguro para vender do que usar claras cruas. Você vai precisar de cortadores de metal, dá para achar em qualquer loja de confeitaria. No Largo do Machado tem a JLM que vende esses artigos, mas é caro. No Saara (lojas Aidan e afins) você vai encontrar o que precisa mais em conta. Na internet tem muitos tutoriais e ideias, não deixe de pesquisar bastante. Boa sorte! Bjs, Adri

      Excluir

O que achou da postagem? Tem mais alguma dica para passar? Ficou com dúvidas? O espaço dos comentários está aberto para todos trocarem uma ideia :)

Gerar PDF da postagem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...